Mesa Alfa 7 e Cadeira Bel do FGMF Arquitetos são vencedores do 33º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

Postado em 2 de outubro de 2020 por

Móveis da produção recente do escritório FGMF Arquitetos, a Mesa Alfa 7 e a Cadeira Bel, foram os dois primeiros colocados do 33º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira na categoria Mobiliário. O resultado da premiação, a mais tradicional do segmento no país, foi divulgado hoje. As peças farão parte da exposição do prêmio com abertura em 23 de novembro.

Mesa Alfa 7 Cadeira Bel A Mesa Alfa 7 foi feita sob medida para um cliente do escritório, mas deve ser comercializada em breve. Já a Cadeira Bel foi projetada para a rede ibis em parceria com a Tramontina. A cadeira foi desenvolvida juntamente com o projeto vencedor do escritório para a reformulação da rede ibis.

No último ano, o escritório FGMF Arquitetos, formado pelos sócios Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, intensificou a produção de mobiliário, fortalecendo sua atuação em design de produtos. Depois do sucesso do sofá 4×30 criado juntamente com o escritório CR2 para a Ovo em 2015 e da cadeira Farofa, desenvolvida em parceria com o designer Paulo Alves em 2017, o escritório criou outras peças, com destaque para a Mesa Alfa 7, a Cadeira Bel, vencedoras do prêmio, além da Cadeira Tear e a Luminária Maria Bonita.

Cadeira Tear e seu detalhe Luminária Maria Bonita A Cadeira Tear e a Luminária Maria Bonita foram projetadas para o hotel Grand Mercure Recife, também assinado pelo FGMF. A cadeira será comercializada pela Butzke. O departamento de design da FGMF é coordenado pelo arquiteto Gabriel Mota. Além do mobiliário, o escritório também chamou atenção esse ano com a sua participação na exposição Architecture for Dogs (https://achitecturefordogs.com) ao lado de outros importantes arquitetos e designers do mundo. Responsáveis pelo projeto da Japan House em parceria com o arquiteto japonês Kengo Kuma, eles foram convidados para participar da exposição, que ficou em cartaz na Japan House do dia 19 de janeiro a 7 de abril e anteriormente já havia passado pelos Estados Unidos, Japão e China.

A nova edição brasileira da Architecture for Dogs segue agora para os próximos países em conjunto com o restante da exposição. No começo do mês de fevereiro, em Paris, os sócios apresentaram seu design para a nova fase de hotéis Ibis no mundo. Eles venceram um concurso mundial organizado pela área de Design do Grupo AccorHotels na etapa Américas, para a reformulação dos hotéis Ibis. O design FGMF já foi aplicado em quartos do Ibis São Paulo Morumbi, no lobby do Ibis São Paulo Expo, no Porto, em Portugal, onde está em obras o primeiro hotel completo com o novo padrão assinado pelo escritório, além de outras 10 unidades pelo mundo que seguem o modelo.

Além dessas novidades, o escritório aumentou suas premiações neste ano com diversas premiações como o Prix Versailles da UNESCO, duas premiações no DNA Paris e cinco premiações no Global Future Awards. Com isso, eles caminham para 150 distinções nacionais e internacionais em 19 anos de existência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *