O papel do Big Data na evolução do mercado de engenharia e construção civil

Postado em 22 de janeiro de 2021 por

Big data na gestão de obras de engenharia – a importância e os benefícios da análise de dados na construção civil

Na construção civil e na engenharia, como em outros setores, o Big data se refere às enormes quantidades de informações que foram armazenadas no passado e que continuam a ser adquiridas hoje. Big data pode vir de pessoas, computadores, máquinas, sensores e qualquer outro dispositivo ou agente gerador de dados.

O valor dos dados na engenharia e construção civil

Inteligência artificial, internet das coisas e BIM. Todas essas grandes tendências tecnológicas têm revolucionado o mercado de construção civil e possuem um background em comum: big data. Isso porque elas se alimentam de dados para gerar informações que trazem mais segurança, transparência e eficiência aos processos de engenharia e construção – do escritório ao canteiro de obras.

Sendo assim, criar processos bem estabelecidos para coletar, armazenar e utilizar os dados de maneira estratégica na engenharia e construção civil é o primeiro passo para acompanhar as tendências tecnológicas e as transformações do mercado. Além disso, incluir a análise de big data na gestão de obras é crucial para preparar as empresas do setor de construção civil para o futuro e garantir que elas se mantenham competitivas no mercado.

Assim, de nada adianta, por exemplo, investir em plataformas BIM e em ferramentas de inteligência artificial se sua empresa de engenharia não tiver as informações necessárias para fazer com que essas tecnologias alcancem todo o seu potencial.

Por que o Big Data pode ser útil na construção civil?

A construção civil é uma das principais atividades econômicas no Brasil, mas poderia ter resultados muito melhores se o desperdício fosse reduzido e a produtividade aumentada.

Problemas comuns no setor, como desperdício de materiais, atrasos nas obras e descontrole de orçamento podem ser solucionados com o uso da tecnologia. Os dados podem ajudar gestores a encontrarem as raízes dos problemas e a tomarem decisões mais assertivas.

Se feitas manualmente, as análises podem ser demoradas e improdutivas, mas com o uso de softwares e ferramentas de Analytics, é possível usá-los de forma inteligente.

Fonte: click petróleo e gás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *